domingo, 3 de fevereiro de 2008

Ninha desabafa contra imprensa de cima do trio na Ondina

O cantor da banda Trem de Pouso, Ninha, que puxou o bloco Pra Ficar na noite deste sábado, dia de Yemanjá, surpreendeu os foliões presentes na Ondina, nas imediações dos camarotes do Nana Banana, Salvador Praia Hotel e Axé Beats.

Por volta das 23h, o ex-vocalista da Timbalada, com dedo em riste, voltou-se para a cabine de transmissão da TV Bahia e soltou o verbo. "Eu não tenho dinheiro para comprar a imprensa, esta imprensa que mente e distorce os fatos", afirmou à repórter Patrícia Nobre, que virou as costas enquanto o cantor desabafava.

Ninha se mostrou indignado com a cobertura da TV Bahia sobre o desfile do bloco Trimix, na última quinta-feira. A reportagem considerou o bloco vazio e desanimado e criticou o artista pela falta de energia dos foliões. "Chegamos bem aqui na quinta-feira. Mas vocês têm que entender que o nosso bloco são de pessoas com poder aquisitivo mais baixo, e trabalham até mais tarde", afirmou. O ex-timbaleiro convocou o apoio do povão que o aplaudiu entusiasmado.

Foi um momento de palanque do Carnaval, como há muito não se via. Ninha tocou na ferida da imprensa baiana, que costuma falar bem dos artistas, em troca de viagens pagas. Talvez por isso, o silêncio absoluto na imprensa sobre o acontecido. É aquela coisa que todo mundo sabe, mas poucos têm a coragem de acusar. Ninha foi corajoso e o povo o apoiou.

Adendo: o bloco Trimix estava realmente vazio na noite de quinta-feira, noticiaram outros jornalistas, a exemplo do colunista Josemar Arlego, em "Bloco de Ninha passa com poucos foliões". O próprio Ninha já tinha dito isso em seu desabafo, o que diferem são os motivos.

Um comentário:

nadja pereira disse...

Olá, essa notícia foi do babado. Irei linkar com meu blog!